Renan ataca mais uma vez

Como dissemos anteriormente, a ORCRIM está usando o debate sobre o foro privilegiado para aprovar o abuso de autoridade.

O Globo explicitou o golpe:

“A disposição dos senadores para aprovar a PEC do fim do foro privilegiado pode parecer, num primeiro momento, uma ação em prol da ética na política, atendendo a um clamor da sociedade. Não é. Trata-se de uma cortina de fumaça para permitir a aprovação do projeto que pune juízes e promotores por abuso de poder, acalentado desde o ano passado pelo ex-presidente do Senado Renan Calheiros.

Em dezembro de 2016, o projeto foi retirado de pauta pelo próprio Renan, depois de receber duras críticas, que atribuíam à iniciativa a intenção de cercear a atuação dos investigadores e magistrados na operação Lava Jato. O texto pode até ter saído temporariamente da pauta, mas seus defensores apenas aguardavam o momento ideal para trazê-lo novamente à tona”.

Faça o primeiro comentário