RENAN CALHEIROS QUER O COMANDO DA VALE

Murilo Ferreira deixará o comando da Vale em 26 de maio deste ano.

A mineradora é uma empresa privada desde 1997, mas a participação do BNDES e de fundos de pensão de estatais não segura as ingerências políticas.

O lobista Milton Lyra, conhecido da Lava Jato, está querendo na presidência da Vale Mozart Kraemer, da área de ferrosos. Já Guto Quintella, outro lobista, trabalha para emplacar José Carlos Martins ou Tito Martins, como já revelamos aqui.

Ambos — Lyra e Quintella — são ligados a Renan Calheiros.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200