Renan cometeu abuso para passar o “abuso”

Renan Calheiros abusou do seu poder imperial e da malandragem para votar em regime de urgência o PL 280, de “abuso de autoridade”.

Ontem, o painel do Senado mostrava que havia quórum, mas a maioria dos senadores não estava presente no plenário. Renan lia a pauta, quando um assessor o avisou de que o PL 280 encontrava-se na lista.

Rapidamente, Renan, leu o requerimento da votação do PL 280, sem dar o nome, e o colocou em votação: “Para apreciação em regime de urgência, conforme decisão da Câmara, é uma matéria do calendário que foi aprovado pelos líderes. Está em votação. Os que estão a favor permaneçam como estão”.

Havia meia dúzia de senadores no plenário. Renan deu a votação da excrescência como aprovada.

Este é o seu Senado, leitor.