Renan e o controle da bancada

Renan Calheiros falou com o repórter Mateus Ferraz, do Grupo RBS, sobre sua candidatura ao Senado.

“Nós temos a bancada, são 13 senadores. Você tem que estimular a possibilidade de qualquer um ser candidato e que a decisão seja coletiva. O MDB, como a maior bancada, sempre trata desta forma no plenário.”

Renan fala em 13 senadores, e não em 12 — o real tamanho atual da bancada –, porque ele sabe que Eduardo Gomes, o único eleito pelo Solidariedade, está de malas prontas para migrar para o MDB. O Antagonista revelou que o partido de Paulinho da Força foi usado por Renan para entrar com a ação no STF que ajudou a garantir a votação secreta — leia aqui.

Será que o novo presidente se dobrará à velha política? Entenda aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 23 comentários
  1. Deus não permitirá este alagoano de perpetuar na presidência do Senado. Chega de palhaçada. O Brasil precisa crescer. Nenhuma autoridade será dada a este homem só se Deus quiser e creio não que

  2. Renan com dezesseis processos engavetados no STF, que apoia Renan, o STF sabe que o presidente do senado e o único que pode mandar abrir processo de cassação dos ministros do STF, o STF e Renan….

    1. Jorge sinto a mesma repugnância, asco. O que será que esse FDP sabe que ninguem sabe e os que sabem temem? Seriam aquelas malditas malas de escuta?