Renan na pauta do STF. Só que não

Está mantido na pauta desta quinta-feira o julgamento sobre a ação que pode impedir que políticos que respondam a ações penais no STF estejam na linha de sucessão do presidente da República — seria o caso de Renan Calheiros à frente do Senado, caso ele virasse réu.

A ação foi apresentada pela Rede para tirar Eduardo Cunha da presidência da Câmara.

Ocorre que o processo sobre o episódio Mônica Veloso, no STF desde 2007 — um dos que poderia fazer Renan virar réu –, não tem data para ocorrer.

Faça o primeiro comentário