RENAN: “NÃO PODEMOS REVIVER OS SOBRESSALTOS TÍPICOS DA DITADURA”

Renan Calheiros, agora, no plenário do Senado:

“Tenho um comunicado importante a fazer: comunico que ingressamos hoje com medida judicial perante o STF para que, de uma vez por todas, sejam estabelecidos os limites e as competências dos poderes do Estado previstos na Constituição.”

“Não se defende a inviolabilidade absoluta do Congresso, não é isso que nós queremos. Queremos que fique bem claro, que as ações de investigação sejam realizadas com equilíbrio e de acordo com a Constituição.”

“Não podemos reviver os sobressaltos típicos da ditadura.”

Faça o primeiro comentário