Renan pai e Renan Filho (2)

Renan Calheiros e Renanzinho também são alvo de inquérito pelo recebimento de R$ 1,2 milhão em doações oficiais em troca da aprovação da MP 677/2015, que beneficiou a Braskem.

200