Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Renan vai responsabilizar gabinete do ódio por crime comum em relatório

"Meu relatório não vai mandar para a Procuradoria investigar nada. Meu relatório vai concluir a partir das investigações realizadas aqui"
Renan vai responsabilizar gabinete do ódio por crime comum em relatório
Foto: Pedro França/Agência Senado

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, decidiu responsabilizar integrantes do gabinete do ódio por crime comum em seu parecer final. Há pouco, antes do depoimento de Francisco Maximiano, da Precisa, Renan disse que os assessores especiais do presidente Jair Bolsonaro que integram o grupo cometeram crimes durante a pandemia.

Entre os integrantes do chamado gabinete do ódio estão os assessores Tércio Arnaud, José Matheus Salles e Mateus Diniz. Todos foram alvos de quebras de sigilo aprovadas pela CPI da Covid.

Meu relatório não vai mandar para a Procuradoria investigar nada. Meu relatório vai concluir a partir das investigações realizadas aqui e pedir para que, no prazo que a lei das comissões parlamentares de inquérito reserva à PGR, mande processar, e não investigar novamente.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO