Renanus Calheirus

“Não existe sistema de representação democrática perfeito, mas o Senado brasileiro é uma excrescência incomparável num país generoso em excrescências.”

Esse é o pontapé inicial de Mario Sabino, em artigo da Crusoé, para analisar a Casa de Renan Calheiros, Eunício Oliveira e seus pares.

Você duvida da existência dos problemas de representação a que se refere Sabino? Então, vejamos:

. um senador e seus assessores custam aos cofres públicos 4,5 vezes o que custam um deputado e seu gabinete;

. senadores têm mandatos de oito anos, que podem ser indefinidamente renovados;

. além de revisar os projetos de lei criados pelos deputados, os senadores podem apresentar os seus próprios projetos, principal atribuição da Câmara.

“Eu aboliria o Senado tranquilamente, sem prejuízo para a democracia”, arremata Sabino.

Confira o artigo completo AQUI.

Comentários

  • Alemão -

    Habemos Picaretus!!!

  • Fernando -

    Concordo com tudo isso aê, principalmente acabar com o Senado, bastaria a Câmara com 300 ou 400 parlamentares.

  • Donizeti -

    Não há necessidade de 8 anos, ademais se eles representam os estados deveriam estar na chapa dos governadores. Seria +barato, daria muito poder aos governadores, mas cumpririam seu papel principal.

Ler 30 comentários