Representação contra MP é para separar joio do trigo, diz Flávio Bolsonaro

Telegram

Flávio Bolsonaro comentou as representações apresentadas pelo seu partido, o PSL, contra o Ministério Público fluminense, registra o Estadão.

“Estou só separando o joio do trigo. Pessoas do Ministério Público não podem manchar o nome numa situação tão importante como essa, cometendo as mais absurdas ilegalidades e arbitrariedades, só isso”, declarou o senador durante evento no Rio.

Flávio e o PSL acusam o MP-RJ de arbitrariedades e ilegalidades na condução da investigação sobre a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de Fabrício Queiroz. A Promotoria disse repudiar as acusações.

Comentários

  • Afonso -

    Vai dizer que no MP só tem santo? Conta outra!

  • Marcus -

    O senador miliciano poderia se preocupar em assinar a laca toga!!! Em vez de atacar o MP safado

  • Anselmo -

    Com certeza ele não representa o trigo.

Ler 41 comentários