Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Requerimentos da CPI da Covid foram produzidos no Planalto, indicam documentos

Requerimentos da CPI da Covid foram produzidos no Planalto, indicam documentos
Foto: Divulgação/Facebook

Registros eletrônicos de requerimentos apresentados na CPI da Covid indicam que o Palácio do Planalto produziu para senadores governistas o pedido de convocação de cinco especialistas associados à defesa do “tratamento precoce” ou a críticas ao lockdown, informa O Globo.

Segundo o jornal carioca, informações registradas nos arquivos do Senado apontam que, em sete arquivos protocolados por Ciro Nogueira e Jorginho Mello, consta o nome de Thaís Amaral Moura, assessora da Secretaria Especial de Assuntos Parlamentares.

A Seap é vinculada à Secretaria de Governo, área responsável pela articulação política do governo de Jair Bolsonaro, hoje comandada por Flávia Arruda.

Essas informações estão presentes nos chamados “metadados” dos arquivos enviados ao Senado pelos parlamentares, que funcionam como uma espécie de RG de cada arquivo em um computador.

Os governistas apresentaram à CPI da Covid mais de 200 requerimentos em dois dias. Os documentos que pedem a convocação da médica “cloroquiner” Nise Yamaguchi e do prefeito de Chapecó, João Rodrigues, têm rastros que levam à mesma autoria da assessora da Seap.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO