Requião ataca PMDB e Moreira Franco

Roberto Requião ocupou a tribuna do Senado para atacar o seu partido, o PDMB. Não é a primeira vez.

Disse que “o governo Moreira Franco não é nosso” e convocou os colegas correligionários a fazerem valer “o velho MDB de guerra”.

Requião faz o que quer (e muitas vezes o que Renan quer).

Romero Jucá, presidente do partido, não tem coragem de expulsá-lo.