RESPEITE, RENAN CALHEIROS

Cármen Lúcia, na abertura da sessão de hoje no CNJ, também exigiu “respeito” ao Judiciário por parte do Legislativo e Executivo:

“Queremos não, exigimos o mesmo e igual respeito para que a gente tenha democracia fundada nos princípios constitucionais, nos valores que nortearam não apenas a formulação, mas a prática dessa Constituição.”

Faça o primeiro comentário