ACESSE

A resposta do povo colombiano a Lula

Telegram

Em 2009, Lula perguntou:

“Se, em um continente como o nosso, um índio [Evo Morales] e um metalúrgico [o próprio Lula] podem chegar à Presidência, por que alguém das Farc, disputando eleições, não pode?”

Nove anos depois, dados os protestos em atos de campanha das Farc (agora Força Alternativa Revolucionária do Comum), a rejeição popular ao acordo de paz com o grupo que não prestou contas à Justiça e o cancelamento da candidatura presidencial do líder Rodrigo Londoño, o Timochenko, a resposta é simples:

Porque o povo colombiano não quer líder de grupo narcoterrorista na presidência, Lula.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários