"Resta ao STF não amarelar diante da pressão de Bolsonaro"

“Resta ao STF não amarelar diante da pressão de Bolsonaro”
Foto: Mateus Bonomi/Agif/Folhapress

“Moro cai de pé”, diz Fernando Gabeira.

“Mas para que sua trajetória política tenha viabilidade, será necessário se distinguir de Bolsonaro, algo que não fez quando esteve no governo. O tom de seu discurso de saída é um indício de que compreendeu isto. Pelo menos se distanciou da visão atrasada de submeter o trabalho da PF aos desígnios de um presidente. O que é no fundo um crime de responsabilidade.

Moro indicou claramente que Bolsonaro teme o inquérito no Supremo. Resta agora ao STF assumir seu papel institucional e não amarelar diante da pressão de Bolsonaro.”

Leia também: MORO FORA DO GOVERNO: NÃO ERA FOFOCA; É JORNALISMO
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO