A retórica da esquerda e a retórica da direita

Telegram

“A retórica do Bolsonaro é chocante, mas não representa risco nenhum à democracia.”

É a opinião de Fernando Schüler, entrevistado pela BBC Brasil.

Ele disse:

“Dos dois lados você tem uma retórica que pode ser interpretada como de risco para a democracia. Mas eu acho que isto fica no campo da retórica. Acho que a eleição trata de moderar essas posições. E acho que as instituições do Brasil já deram provas mais que suficientes de que são muito sólidas, e que não tolerariam qualquer tipo de agressão à constitucionalidade.”

E também:

“Quando o Lula vai ao New York Times e diz que não existe democracia no Brasil, que está em curso um golpe de Estado, não reconhece a Justiça, não reconhece julgamentos do Judiciário, ele também desafia as instituições. É que nós nos habituamos com esta retórica da esquerda. E não estamos habituados com a retórica da direita.”

Comentários

  • REVOLTADO -

    "Quando Lula vai ao NYT......". Isso não é simples retórica! É "crime de lesa-pátria"!

  • Bruno -

    Você pode ser de esquerda ou de direta, mas, convenhamos, as instituições NÃO ESTÃO FUNCIONANDO NORMALMENTE, desde o impeachment da Dilma. Isso é fato. Vamos ver no que vai dar.

  • ANTONIO -

    Fernando Schuler não é aquele que liderou a invasão ao Nakatomi Plaza em 1988?

Ler 89 comentários