Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Reunião que definiu prévias do PSDB não empolga cúpula tucana

João Doria foi derrotado na definição das regras para as prévias, mas insiste na candidatura. Partido parece longe de unidade verdadeira
Reunião que definiu prévias do PSDB não empolga cúpula tucana
Fotos: Valter Campanato/Agência Brasil Gustavo Mansur/ Palácio Piratini Pedro França/ Agência Senado

O Antagonista apurou que a reunião da executiva nacional do PSDB que terminou de definir hoje as regras para as prévias que escolherão o candidato do partido ao Planalto em 2022 não empolgou a cúpula tucana.

A ideia das prévias é unir o partido, mas um integrante da executiva, em reservado, disse não enxergar um “processo de unidade real, que gere entusiasmo”.

João Doria foi derrotado na definição do modelo das prévias, como noticiamos mais cedo, mas em seguida reforçou que quer ser candidato em 2022.

“Independentemente de quem será o o nome do PSDB, não sei se haverá motivação no partido ou uma unidade verdadeira em torno desse nome”, acrescentou a fonte.

Tasso Jereissati, Eduardo Leite e Arthur Virgílio Neto também são nomes colocados para a disputa.

Outro integrante da executiva disse que, mesmo com a derrota de Doria na definição dos pesos dos votantes nas prévias, “nada está sacramentado” e “é preciso reconhecer a persistência do governador de São Paulo, apesar da clara contenção interna a ele”.

“Ele [Doria] resiste bem e vai continuar, está se mostrando perseverante.”

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, foi convidado por Luiz Henrique Mandetta para participar da reunião do “centro” marcada para amanhã (16) em Brasília.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO