Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Reuniões de Hajjar com Bolsonaro não foram registradas em ata

Reuniões de Hajjar com Bolsonaro não foram registradas em ata
Foto: Reprodução/Facebook/Ludhmila Abrahão Hajjar

As reuniões da médica Ludhmila Hajjar com o presidente Jair Bolsonaro não foram registradas em ata.

A informação é da Secretaria-Geral da Presidência da República, em resposta a pedido de O Antagonista via Lei de Acesso à Informação.

Hajjar, que foi convidada para chefiar o Ministério da Saúde, teve dois encontros com o presidente: em 14 de março (um domingo) e no dia seguinte.

A reportagem pediu ao Planalto as listas de presença e as atas dos encontros. A Secretaria-Geral respondeu que “não foram localizados, no Gabinete Pessoal do Presidente da República, os documentos solicitados”.

Portanto, não há registro oficial do que foi discutido nem de quem estava presente.

Segundo o Decreto nº 4.334/2002, sobre audiências concedidas a particulares, o agente público deve “manter registro específico das audiências, com a relação das pessoas presentes e os assuntos tratados”.

Até hoje, as reuniões com Hajjar não constam da agenda pública do presidente. Entre os compromissos de 15 de março aparece reunião com Marcelo Queiroga.

Leia também:

Reunião de Tereza Cristina com JBS não teve ata

Reunião de Salles com garimpeiros foi oficialmente clandestina

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO