Revenge

O Painel confirma informação antecipada por O Antagonista de que setores da PF e do Ministério Público não gostaram da decisão de Sergio Moro de revogar a prisão de Guido Mantega.

Na verdade, PF e MPF concordaram num primeiro momento, até perceberem que o ‘ato de compaixão’ não teve o efeito desejado e que o PT passou a explorar as razões não jurídicas que levaram o juiz a aliviar para o ex-ministro.

Faça o primeiro comentário