Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Reverendo Amilton admite que Senah não é reconhecida pela ONU, CNJ e CNBB

Durante depoimento para a CPI da Covid, o pastor disse que cometeu um erro ao ter citado parcerias com entidades civis e religiosas
Reverendo Amilton admite que Senah não é reconhecida pela ONU, CNJ e CNBB
Foto: Pedro França/Agência Senado

O reverendo Amilton Gomes de Paula admitiu à CPI da Covid que Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários (Senah), entidade que ele dirige, não é reconhecida por entidades como a ONU, CNJ e CNBB.

Nos documentos apresentados ao Ministério da Saúde, durante a negociação de vacinas contra Covid em parceria com a Davati, o reverendo Amilton disse que a Senah tinha parceria com esses órgãos.

“ONGs e são sociedades civis organizadas que colocam, cedem as suas logos. Nesse caso aí, houve um erro da minha parte em ter colocado essas logos para trabalhar com vacinas”, disse o reverendo à CPI.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO