Ricardo Lewandowski, o "Polaco"

Ricardo Lewandowski era chamado de “Polaco” nos e-mails da Odebrecht, diz a Crusoé.

Perguntado sobre o assunto pelos procuradores da PGR, Marcelo Odebrecht respondeu:

“A gente sempre tentou ou especulou que o Lewandowski poderia ajudar a gente em vários temas, porque todo mundo sabe que se tem uma pessoa que é próxima do Lula, dos ministros (do STF), é o Lewandowski. Na nossa avaliação o Lewandowski era até mais próximo do Lula do que o próprio Dias Toffoli. Mas nunca…”.

Um dos procuradores indagou:

“Mas vocês tentaram alguma coisa?”

Marcelo Odebrecht respondeu:

“Não. Não com o Lewandowski. O que se dizia era que o padrinho do Lewandowski, a pessoa da relação dele, era o Luiz Marinho. Então nós tivemos ‘n’ contatos, eu não pessoalmente, mas o nosso pessoal teve ‘n’ contatos com o Luiz Marinho…”.

Leia mais aqui. Assine a revista e apoie o jornalismo independente (e isolado).

Leia mais: Exclusivo: o 'inquérito do fim do mundo' foi usado para apurar secretamente se a Lava Jato tinha ministros do STF na mira
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO