Ricardo Pessoa confirma 15 milhões de propina para o PT em obra do Comperj

Ricardo Pessoa, dono da UTC, contou hoje em depoimento a Sergio Moro que no consórcio com a Odebrecht para a construção da Central de Utilidades do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, o Comperj, pagou propina para o PT e para a Diretoria de Serviços da Petrobras.

“O consórcio tinha obrigações, por solicitação, de cumprir pagamentos de propina para o PT e para o PP, através de João Vaccari, por orientação do diretor Duque, e a Paulo Roberto Costa, que sempre teve o mesmo procedimento.”

Ricardo confirmou que pagou — em valores aproximados –, em espécie, 2 milhões de reais para Pedro Barusco e 5 milhões para Roberto Gonçalves; além de 15 milhões de reais para o PT, via João Vaccari, por meio de “doações oficiais fracionadas”.

Nessa obra, a Odebrecht — integrante do consórcio — cuidou dos demais compromissos de pagamentos de propina. O contato de Ricardo Pessoa com a empreiteira era Márcio Faria da Silva.

Assista:

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Luana dos pampas gauchos disse:

    Pt partideco 💩💩💩💩💩💩💩💩das trevas😩😩😩😩😩👎👎👎👎👎

Ler comentários
  1. anarquista disse:

    É tanta propina que,numa soma rápida , não dá pra somar nem em máquina.----muitos zeros que a máquina não processa. Aonde está esse dinheiro ? Corrigindo : Aonde estão essas quantias contábeis.? Porque dinheiro papel não existe.

  2. Brastemp disse:

    O Tribunal Eleitoral foi usado como uma Brastemp pra lavar dinheiro roubado pela ORCRIM petista.

  3. NELSON disse:

    NUM LUGAR UM POUQUINHO SÉRIO ESSE PARTIDO JÁ TERIA SIDO CASSADO. MAS ESSE É O BRASIL ONDE OS MINISTROS DO TSE E STF SAO INDICADOS PELOS POLITICOS E SUA GRANDE MAIORIA POR PETISTAS.

  4. Frederico disse:

    Esse mer..a de PT é uma quadrilha mesmo.....

  5. Deu um nó disse:

    Esse "dinheiro para o PT" é um sistema de crimes contínuos e enriquecimento ilícito e particular via partido porque a justiça cobrará da legenda o dinheiro roubado que sairá do fundo partidário e que saiu do bolso dos brasileiros. Isso tem de ficar claro pros cidadãos. O fundo partidário é escandaloso.