Áudio: ‘Algo precisa ser feito de forma urgente no Rio’

Michel Temer, como acabamos de registrar, disse que o governo vai se empenhar para “em breve tempo” combater a violência no Rio de Janeiro.

O deputado Alberto Fraga, um dos responsáveis sobre uma comissão geral hoje no plenário da Câmara sobre assassinatos de policiais, afirmou a O Antagonista que não dá mais para esperar.

Em áudio que você pode ouvir clicando no player abaixo, o parlamentar conta que durante a comissão que tratava justamente do tema, chegou a notícia do atentado que matou um comandante da PM na capital fluminense.

“Algo precisa ser feito de forma urgente. Esses assassinatos de policiais já passaram do limite, são verdadeiras sentenças de morte e o governo brasileiro não pode ficar inerte.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 39 comentários
  1. Os policias não podem morrer, mas a população que se dane… Ponham o Temer, Cabral, Cunha, Sarney, Lula, Aécio e mandem para fazerem uma ação na favela com o Bope, mas eles vão sem o blindado.

  2. O escândalo é o limite da falta de vergonha na cara dessa gente que grita “algo precisa ser feito de forma urgente” e “não dá mais para esperar”! O país espera desta corja de marginais do Congresso alguma medida contra a violência há décadas!

  3. Vou falar pela milionésima vez: O Rio vive um estado de anarquia onde só quem impera é a violência e violência pior do q muitas guerras. Partes importantes do território Nacional estão tomados e os cidadãos a mercê dos traficantes. Não adianta vir co conversinha de educação, apoio social e outras sandices por quem não conhece a verdadeira realidade. Vivemos em GUERRA e isso NÃO é EXAGERO! Ou se conscientizam disso e tomam atitudes drásticas ou nada se resolverá. Guerra se combate com Guerra, parem de ingenuidade. Muitos irão morrer e até alguns inocente? Sim, Infelizmente sim, mas é o preço a ser pago por terem deixado chegar a este ponto. Estado de sítio e combate de guerra, leis de guerra. Policial traindo: Pena de Morte. Garantias constitucionais suspensas. Senhores: Guerra, entendem isso?

  4. PRECISA SER FEITO SIM. RÁPIDO.
    O RJ ESTÁ VIRANDO CAMPO DE CONCENTRAÇÃO global.
    PENA DE MORTE , INCITA E APOIAM CRIMINOSOS.
    CANALHAS!
    PENA DE MORTE PARA OS ATORES QUE ENALTECEM O TRAFICO.

  5. É o preço que a PMERJ está pagando por ser tão corrupta. Já estamos piores do que a antiga Colômbia há tempos. Quem lembra dos policiais que mataram a juíza de Niterói que investigava a corrupção na polícia? Enquanto a PMERJ for uma polícia extremamente corrupta, nada muda. Ainda há um agravante: a sociedade brasileira é corrupta, corrupção sistêmica.

  6. E tem ota cheio de mimimi que é contra uma Intervenção Militar e vem posar aqui com pombinha da paz…
    Já estamos em guerra civil há anos, morrendo mais de 60.000 pessoas anualmente.

  7. A novidade da situação do RJ é … NENHUMA!
    Está assim há decadas. Era ruim e o Brizola detonou de vez, sempre c o apoio e beneplácito duzartista e dazelite.
    E é esse modelito q a Rede Goebels quer espalhar pelo Brasil c seus golpes e candidatos. Vejam q fazem tdo p colocar na presidência um carioca ou alguém q se tenha feito naquele ambiente e nele circule c naturalidade.

  8. Nos 13 anos da inepta turminha vermelha, o direito que valeu sempre foi o “Direito dos Manos”! O cidadão de bem que se lascasse, quando muito tendo direito a sete palmos de terra, dentro de um caixão! BASTA!

  9. A INTERVENÇAO DEVE COMEÇAR NA JUSTIÇA DO RIO DE JANEIRO QUE É MACUMUNADA COM O TRAFICO, PASSA POR RE FORMAR O ECA, ESSA FABRICA DE MARGINAIS. E POLICIAL MILITAR SÓ PODER SER JULGADO POR TRIBUNAL MILITAR.

  10. TEMER INTERVENÇAO NO RIOD E JANEIRO, E PF NELES, E LEI PARA DAR AO POLICIAL LIBERDADE ,POIS ELES SAEEM DE CASA COM SUA SENTENÇA DE MORTE E SE FOR FILHO DE POLICIAL PRECISA FICAR CALADO, POLICIAL NAO PODE MORAR NA FAVELA.
    E POR FAVOR TEM FAVELADO COM MAIS BENS QUE TRABALHADOR DO ASFALTO, ALGO ESTÁ SEM LIMITE AI

  11. Os americanos resolveram o problema da criminalidade em Nova Iorque adotando a política da “Tolerância Zero”. Deu certo. Mas o que caracteriza a cultura deles é o pragmatismo, isto é, “vamos adotar uma solução que resolva o problema”. Mas aqui, na pátria do sentimentalismo, se se der um tratamento um pouco mais severo a um marmanjo de dezessete anos, aparece um bando de desocupados defendendo a “vítima da sociedade” e acusando a polícia de excessiva severidade com o “pobre coitado”.
    A primeira atitude para se tomar diante desse problema é a de se inquirir a sociedade: “estamos convencidos que queremos resolver a situação ou queremos apenas solução milagrosa?”.

  12. Primeiro tem que resolver o problema de nossa justiça, que adora proteger bandido, se endurecerem, os juizes vão estrilar, dizendo que estão usando força excessiva e vai haver um festival de habeas corpus para os bandidos e processos contra a policia.

  13. Enquanto políticos receberem “doações de campanha” de traficantes, enquanto agentes da PM e da Civil derem cobertura e armamentos a estes criminosos e enquanto os próprios moradores das comunidades não colaborarem, nada vai mudar. sabe quando isso vai acontecer? nunca.
    https://com-a-palavra.typeform.com/to/BDcwfu

  14. Sem mentiras, o problema do Rio e outros estados esta calcado nos donos do trafico, pois os Políticos ja fizeram acordo no financiamento de campanhas desde Vereadores a Presidente. Isso foi acordado lá em 1984 com fim das Gestões Militares. E no Rio se passaram mais de 60 anos de Bonança e o custo dos Desgovernos veio. E não vai se resolver num passo de mágica, só discurso para estancar a sangria do momento.

  15. Toque de recolher em todos morros e favelal bem como revistas em todas casas, sem deixar escapar nenhuma. Seja quem for! FFAA um ano sufocando esses pilantras e torcedores – alimentadores de traficante.

  16. Cadê a polícia federal vigiando a fronteira? A esqueci, tá todo mundo se aposentando com medo das novas regras e o governo em retaliação à lava Jato não autoriza concurso para contratar.

  17. ENTREGA O GOVERNO PARA OS MILITARES RESOLVEREM O CAOS, ELES ELIMINARÃO CV, ADA, PCC E APROVEITA AINDA PARA ELIMINAR O PT, PSOL, PC DO B, PSTU, MST.
    QUER COISA MELHOR QUE ISTO ? O POVO DO BRASIL AGRADECERÁ.

  18. O Comando Militar do Leste tem de assumir o comando da segurança no Estado urgente. Reativar o CODI (Centro de Operações de Defesa Interna) e o seu destacamento (DOI), adotar medidas de exceção e combater esses guerrilheiros urbanos nos moldes das contraguerrilhas no final dos anos 60. Não obstante, a instituição da pena de morte para determinados crimes urge. A mídia hipócrita a começar pela Globo deve ser ignorada. A Globo critica a violência, mas suas séries e novelas são recheadas de violência, práticas criminosas e amorais.

  19. O principal efeito colateral da guerra civil no Rio de Janeiro é a diáspora de Fluminenses pelo Brasil. O povo Fluminense CAGOU O ESTADO DO RIO DE JANEIRO ao ir na onda de pedófilos e maconheiros ícones da cultura marxista que os levaram a votar em candidatos de esquerda e agora vão infestar outros Estados como São Paulo, Santa Catarina e Paraná para onde transferirão seus votos, a gim de continuar a eleger políticos de esquerda.
    Luto pelo direito do povo do RJ continuar no RJ. O estrago já está de bom tamanho.

  20. Gostaria de sugerir ao governo federal intervir no sistema de segurança pública do Rio de Janeiro, sob comando único e exclusivo da FFAA. Esta, deveria mobilizar considerado contingente para sufocar, sem prazo determinado, se não todos, pelos a maioria dos morros de traficância no RJ. As FFAA tem meios e pessoal suficiente pra cobrir e empregar nessa missão que talvez possa trazer algum resultado prático para a tranquilidade do Rio de Janeiro. Infelizmente, não acredito e não confio nas forças regulares. Estão contaminadas, precisam pra ontem passar por uma depuração pra ver se se salva alguma coisa. Inclusive boa parte da população também que é conivente com esse estado de bandidagem e inversão de valores!

  21. O Código Penal é de 1950. O crime de hoje é o mesmo do crime de 1950? a resposta serve para a comprovação de que nossos “legisladores” só pensam neles. Precisamos da pena de morte. Ah, mas não deveríamos pensar na vida do bandido? Não. Devemos pensar é nas vidas que são poupadas graças à execução do bandido.

  22. “o governo vai se empenhar para ‘em breve tempo’ combater a violência”
    ……………………………………>>>>>>>>>>>> traduzindo… >>>>>>>>>>>>………………………………
    “o governo vai continuar enxugando gelo”

  23. Sr. Alberto Fraga, o que se deve fazer para combater a bandidagem é, em primeiro, tirar o presidente bandido do poder, coisa que o senhor não fez. Não voto mais no senhor nem no seu partido, nunca mais.