Rio de Janeiro: o pior vem aí

Em entrevista ao RJTV, hoje, o secretário da Fazenda do Rio de Janeiro, Gustavo Barbosa, abriu o coração. Se 2016 já foi ruim para os fluminenses, 2017 será pior. Ou, nas suas próprias palavras:

“Será um ano mais difícil do que 2016. Isso, eu queria deixar muito claro.”

Barbosa esquivou-se de analisar que serviços públicos serão mais afetados, limitando-se a repetir que 2017 será mais duro.

Mas nem precisa responder. Com as finanças do Estado em petição de miséria, as áreas mais prejudicadas serão… todas.

Faça o primeiro comentário