Rio prorroga vigência de calamidade financeira

O governador em exercício do Rio, Francisco Dornelles, prorrogou o prazo de vigência do estado de calamidade financeira, informa a BandNews.

Publicada no Diário Oficial fluminense, a decisão estende a medida –iniciada em junho de 2016– até o fim do ano que vem.

Dornelles também publicou o Orçamento do Rio para o ano que vem, com previsão de rombo de R$ 8 bilhões nas contas públicas.

2019 não será um ano para amadores. Conte com a ajuda de especialistas para chegar são e salvo a 2020 AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Alf disse:

    E tem como não falir um Estado que teve Brizola, Cabral, Pezão e outros ''soças'' incompetentes?

Ler comentários
  1. Fabio disse:

    Cadê o dinheiro que a Copa, Olimpíadas etc iam trazer????? Serviu só para a bandidagem desviar, superfaturar e quebrar mais ainda a esculhambação que é o Rio de Janeiro.

  2. SPA disse:

    Perfeito ; mas a queima de fogos não pode faltar , né ?

    1. Se for trazer dinheiro de turismo pra economia local que compense o gasto pode ser um bom negócio.

  3. Jafalei disse:

    Fazem a mesma coisa, esperando um resultado diferente, enxugam gelo. O problema todo esta na população que dificilmente conseguira sair sozinha disso, precisa começar a limpeza pelo judiciário.

  4. CésarB disse:

    Nada de delação premiada para Cabral e, muito menos, para o Pezão..!!

  5. Rumanettto disse:

    A calamidade financeira é o efeito é a consequência a causa e o motivo são a calamidade da cultura da malandragem, do jeitinho, da lei e constituição que não pegam, da tolerância com crimes, d

    1. A falência financeira começou com a falência de caráter de Brizola, que foi financiado pelos traficantes. A meio século se diz q sistema de justiça do Rio apodreceu e os cariocas infelizmente me

  6. Marius disse:

    E pensar que nos recentes (e inglórios) tempos de lulismo/dilmismo em Brasília e no RJ de Sérgio Cabral, Pezão, Picciani, Paes e outros se esbanjava dinheiro para a Copa e as Olimpíadas.

  7. OBSERVADOR🇧🇷 disse:

    Desembargadores do Rio chegam a ganhar mais de 600 mil reais por mês!!!!

  8. Mau disse:

    Simples, basta o Capitao pedir para o Bibi tranferir a embaixada para o Rio...rsrs..

  9. Laércio disse:

    Confisquem os bens de cabral, pezão, piscianis e demais corruptos do Rio de Janeiro, que sobrará muita grana no pedaço.

  10. Adélia disse:

    Ao mesmo tempo autorizou as empresas usarem 100% do ICMS em projetos culturais, Rouanet/RJ.

  11. Marco disse:

    9vdade? Gestão Cabral + Pezão é isso aí