Rio tem queda de roubos e latrocínio, mas aumento de homicídio doloso

O Rio de Janeiro teve em julho a maior queda de roubos de veículos desde o início da intervenção federal na área da Segurança Pública do estado.

Foram 3.518, uma redução de 29% (1.433 ocorrências a menos) em relação a julho de 2017 e o menor número de casos desde setembro de 2016, registra O Globo.

“No mês em que a intervenção federal na Segurança Pública completa seis meses, o estado registrou, ainda, uma queda nos casos de latrocínio: de 23 para 9 no mês (redução de 61%). Os dados foram apresentados pelo secretário de Segurança do Rio, general Richard Nunes, em um evento nesta terça-feira. Os casos de homicídio doloso, no entanto, tiveram aumento de 9%.

Também houve redução no índice estratégico de roubo de rua (que soma as ocorrências de roubo a transeunte, em coletivos e de celulares). Os números caíram de 12.587 para 11.021, uma redução de 12,44% no comparativo com julho do ano passado.”

Rio tem quase 30 tiroteios em menos de 48 horas

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 17 comentários
  1. As comunidades viraram guetos. Bandidos com grande quantidade de armas ditam as regras. Celulares de jovens são examinados. Se houver algo que eles discordam levam o menino, matam e somem com o corpo

  2. Intervenção começando a dar resultado. Bandidos acossados, em guerra entre si, morrendo em confrontos com as forças de segurança (maior número de mortes): crimes contra os cidadãos começam a cair.

    1. Não houve ditadura militar e sim intervenção. E esta fez diminuir a violência sim, ou o que li acima está errado…

  3. Geraldo PCC ORCRIMin, Geraldo imposto sindical ORCRIMin, Geraldo roubamerenda ORCRIMin, Geraldo lulalau ORCRIMin, Geraldo centrão da corrupção ORCRIMin, Geraldo rodoanel ORCRIMin, Geraldo temer ORCRIM

  4. Tanto é verdade que o homicídio não é o mais importante que cidades com maiores índices de homicídio são muito mais seguras do que o RJ. Isso porque todos sabem o que não fazer para ficarem seguros.

  5. Como de sempre, a cariocada tapando sol com peneira com esses índices de criminalidade na Grande Favela Maravilhosa a beira mar. Lula, Dilma e Cabral mandam beijos. Os demais, risadas. Muitas !

  6. Não há quedas dos indices de criminalidade, o que ocorre é que a população simplesmente não mais perde tempo fazendo BO´s que não dão em nada. Daí aproveitam e falam que os indices caem.

    1. explique como vítima de latrocínio fazia b.o? E qual proprietário de carro roubado vai deixar de fazer e continuar responsável pelo ipva,Multas, etc? Pela tese tem doutorado numa federal em sociologia