Rio tem queda de roubos e latrocínio, mas aumento de homicídio doloso

O Rio de Janeiro teve em julho a maior queda de roubos de veículos desde o início da intervenção federal na área da Segurança Pública do estado.

Foram 3.518, uma redução de 29% (1.433 ocorrências a menos) em relação a julho de 2017 e o menor número de casos desde setembro de 2016, registra O Globo.

“No mês em que a intervenção federal na Segurança Pública completa seis meses, o estado registrou, ainda, uma queda nos casos de latrocínio: de 23 para 9 no mês (redução de 61%). Os dados foram apresentados pelo secretário de Segurança do Rio, general Richard Nunes, em um evento nesta terça-feira. Os casos de homicídio doloso, no entanto, tiveram aumento de 9%.

Também houve redução no índice estratégico de roubo de rua (que soma as ocorrências de roubo a transeunte, em coletivos e de celulares). Os números caíram de 12.587 para 11.021, uma redução de 12,44% no comparativo com julho do ano passado.”

Rio tem quase 30 tiroteios em menos de 48 horas

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. O Agonista disse:

    Ou seja, os bandidos estão se matando ou nós estamos os matando.

Ler comentários
  1. Carlos1 disse:

    As comunidades viraram guetos. Bandidos com grande quantidade de armas ditam as regras. Celulares de jovens são examinados. Se houver algo que eles discordam levam o menino, matam e somem com o corpo

  2. Bolsonaro 17 disse:

    Intervenção começando a dar resultado. Bandidos acossados, em guerra entre si, morrendo em confrontos com as forças de segurança (maior número de mortes): crimes contra os cidadãos começam a cair.

  3. Borges. disse:

    Essa intervenção serviu para arrefecer o ímpeto dos intervencionistas; perceberam que ditadura militar não é a solução para segurança pública.

    1. 12% menos furtos, 12% mais assassinato de bandidos. Grande progresso, está funcionando MUITO BEM.

    2. Não houve ditadura militar e sim intervenção. E esta fez diminuir a violência sim, ou o que li acima está errado...

  4. Excludente de Ilicitude disse:

    Imaginem vcs se as Forças Armadas puderem atuar da forma que se deve?

  5. zen disse:

    É como se o cocô do doente com diarréia estivesse endurecendo um pouco

  6. Vinagre disse:

    Kkk tem um caipira corno aqui revoltado!A vagaba dele deve ter dado pra todos os cariocas q ela viu pela frente!!!Elas adoooRAM!!!

  7. vingador do povo brasileiro disse:

    Geraldo PCC ORCRIMin, Geraldo imposto sindical ORCRIMin, Geraldo roubamerenda ORCRIMin, Geraldo lulalau ORCRIMin, Geraldo centrão da corrupção ORCRIMin, Geraldo rodoanel ORCRIMin, Geraldo temer ORCRIM

  8. Marcos (continuando) disse:

    Tanto é verdade que o homicídio não é o mais importante que cidades com maiores índices de homicídio são muito mais seguras do que o RJ. Isso porque todos sabem o que não fazer para ficarem seguros.

  9. JorgeS disse:

    A prisão da quadrilha do Cabral já está dando bons resultados.

  10. Martins Jr. disse:

    Como de sempre, a cariocada tapando sol com peneira com esses índices de criminalidade na Grande Favela Maravilhosa a beira mar. Lula, Dilma e Cabral mandam beijos. Os demais, risadas. Muitas !

  11. Jão disse:

    9% pode ser só ruído, mas esse número de 61% de redução em latrocínios é muito forte, pode ser sinal.

  12. MEMMORIA EX VERITAS disse:

    Não há quedas dos indices de criminalidade, o que ocorre é que a população simplesmente não mais perde tempo fazendo BO´s que não dão em nada. Daí aproveitam e falam que os indices caem.

    1. explique como vítima de latrocínio fazia b.o? E qual proprietário de carro roubado vai deixar de fazer e continuar responsável pelo ipva,Multas, etc? Pela tese tem doutorado numa federal em sociologia