Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

RJ: Justiça nega pedido para proibir gás lacrimogêneo e balas de borracha em protestos

Na decisão, a juíza Regina Castro Lima disse que o uso dos equipamentos deve ocorrer sempre que for preciso para garantir a ordem
RJ: Justiça nega pedido para proibir gás lacrimogêneo e balas de borracha em protestos
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A juíza Regina Lúcia Chuquer de Castro Lima, da 6ª Vara de Fazenda Pública do TJ-RJ, negou o pedido de liminar apresentado pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) para que policiais sejam proibidas de utilizar gás lacrimogêneo e balas de borracha durante protestos.

A ABI afirmou na solicitação que “o uso desses artefatos têm gerado letalidade e ofensa física a participantes, entre eles alguns jornalistas, especialmente diante do atual cenário do Covid.”

Na decisão, a juíza disse que a utilização desses equipamentos deve ocorrer sempre que for necessária para o controle da ordem pública e proteção da população. A magistrada também afirmou que os casos de abuso devem ser analisados pelo Judiciário.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO