Robalinho: “Ofensivo e expõe o país”

De José Robalinho Cavalcanti, presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, sobre a presepada de Lula de recorrer à ONU:

“Com todo respeito, é uma argumentação completamente ofensiva e que expõe o país de uma maneira deplorável. Uma atitude meramente política de alguém que está tentando de tudo para mudar um discurso interno. As instituições brasileiras continuarão funcionando”.

Robalinho acrescentou que não há a menor chance de o pedido de Lula ter algum efeito prático.

“Na época do mensalão, falaram também em recorrer à ONU, mas ninguém recorreu, porque não tem validade jurídica.”