Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Roberto Jefferson terá de pagar R$ 300 mil a Eduardo Leite por ofensas

Em março deste ano, o presidente do PTB fez ofensas homofóbicas ao governador durante entrevista para uma rádio gaúcha
Roberto Jefferson terá de pagar R$ 300 mil a Eduardo Leite por ofensas
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O ex-deputado Roberto Jefferson foi condenado a pagar R$ 300 mil por ofensas homofóbicas contra o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Em março deste ano, o presidente do PTB chamou o tucano de “viado”, entre outros xingamentos, durante entrevista para uma rádio gaúcha.

Eu diria até que não é uma coisa varonil você pegar uma vendedora de sorvete, espancar, prender. Não é uma coisa de um homem varonil, não é uma coisa de um homem viril. Eu diria até que é coisa de viado”, disse Jefferson ao comentar as medidas restritivas impostas no estado durante aquele mês.

Para o juiz Ramiro Oliveira Cardoso, da 16ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, o ex-parlamentar “incitou, de forma chula, o preconceito contra homossexuais, a partir da criação de factoide”.

Enquadradas como homofóbicas as falas do demandado, equiparável ao crime de racismo, cumpre indenizar a coletividade atingida.”

Os R$ 300 mil, de acordo com o G1, deverão ser destinados ao Fundo de Reconstituição dos Bens Lesados, mantido pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul.

Neste sábado, em visita a uma feira agropecuária no estado, o presidente Jair Bolsonaro, como mostramos, tentou fazer uma piadinha sobre o governador Eduardo Leite.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO