Rocha pede “consenso” entre Câmara e Senado por reforma tributária

Hildo Rocha, presidente da comissão especial da reforma tributária na Câmara, disse à Folha que é necessário haver um “consenso” entre as duas Casas do Congresso para que a proposta avance mais rapidamente.

Com o projeto a ser apresentado pelo governo nas próximas semanas, haverá três diferentes textos sobre a reforma em andamento — existe um projeto do deputado Baleia Rossi, na Câmara, e também uma segunda proposta no Senado.

“Vai chegar uma hora em que vamos fazer um acordo, tanto Câmara como Senado, sobre qual vai ser o texto ideal. Não vai ter dificuldade nenhuma no fim. Cada um vai propor sua reforma e no fim o que vai valer é o consenso, não dissenso”, disse Rocha.

O deputado do MDB do Maranhão negou que haja uma disputa entre os Poderes pelo protagonismo na reforma.

“Acho que tanto Câmara como Senado estão fazendo o que sempre deveriam fazer, que é ter responsabilidade de mudar a Constituição e modernizar o sistema tributário. Não vejo isso como um enfraquecimento do Executivo, mas como um fortalecimento do Legislativo.”

Exclusivo: a delação que envolve o líder do governo no Senado. Leia mais

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. jota disse:

    RSBhIHZvbHRhIGRhIHRhbCBDUE1GIHRyYXZlc3RpZGEgZGUgQ1AgKGNvbnRyaWJ1aefjbyBwZXJtYW5lbnRlKSB0YW1i6W0gdmFpIHNlciBhcHJvdmFkYT8gSW1wb3N0byBlbSBjYXNjYXRhIHByYSBjdXN0ZWFyIG1vcmRvbWlhcyBkZSBmdW5jaW9u4XJpb3MgcPpibGljb3MgZSBhcG9zZW50YWRvcmlhcyBtaWxpb27hcmlhcywgbuNvIOk/

Ler comentários
  1. Renata disse:

    U28gbmFvIGRhIHByYSBwYWdhciBJVkEgYSAzMCUh