Rodrigo Maia: “Não é uma disputa entre direita e esquerda”

Rodrigo Maia, com o apoio do PSL garantido, tenta o apoio do PT.

Candidato à reeleição, o presidente da Câmara disse hoje em Teresina:

“A Câmara dos Deputados é a representação do povo. A eleição para a presidência da Câmara não é uma disputa entre governo e oposição, entre direita e esquerda.”

Será que o novo presidente se dobrará à velha política? Entenda aqui

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 26 comentários
  1. Cala a boca, BOTAFOGO. Se continuar namorando partidos de Esquerda e encapar suas reivindicações, partidos de CENTRO e DIREITA tem obrigação MORAL de te abandonar. Seja HOMEM e escolhe um lado

  2. Abre o olho PSL, este Rodrigo Maia quer ferrar vocês para salvar a própria pele. Rodrigo Maia foi acusado de receber 950 mil da Odebrecht e, assim como o Lula, deve ter recebido muito mais.

  3. vamos lá coxas! arregaçem as mangas e trabalhem para a continuidade do governo Temer! tudo vai continuar do jeito que está e os unicos surpresos são os pobres de direita por ter jogado voto fora

    1. O câncer da política brasileira é a falta de representatividade. Bolsonaro só está eleito porque o povo estava de saco cheio disso. Ele sabe que está lá andando num fio de navalha. O povo canso

  4. Apoiar o Maia é muita coisa para minha cabeça. Maia representa tudo que aquele povo que saiu as ruas de verde e amarelo queria fora da politica. Inconformado pelo PSL ter sido tão fraco.