ACESSE

Rodrigo Rodrigues morreu 15 dias depois de ser diagnosticado com Covid-19

Telegram

O jornalista Rodrigo Rodrigues, que morreu nesta terça-feira (28), aos 45 anos, vítima de Covid-19, havia sido diagnosticado com a doença no último dia 13.

Desde então, estava cumprindo o isolamento em casa, no Rio de Janeiro.

Inicialmente, ele apresentou sintomas leves da doença provocada pelo novo coronavírus, como perda de paladar e olfato, mas dizia que estava se sentindo bem.

No último sábado, ele deu entrada no hospital Unimed Barra, queixando-se de vômitos, desorientação e dor de cabeça.

De acordo com o boletim médico do hospital divulgado na tarde da segunda-feira (28), Rodrigues estava com uma trombose venosa cerebral. No domingo, ele passou por uma cirurgia para aliviar a pressão intracraniana.

Nesta terça, ele não resistiu.

Leia mais: Sócios no desastre: a responsabilidade dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

  • Maria -

    Nunca vi tanto médico e epidemiólogo de almanaque impressionista. Esse vírus faz colateralidade neuro venosa sim. Desafortunadamente, desencadeou um trombo letal.

  • Salvador -

    Não sou médico, mas desde quando um aneurisma é morte por Covid?

  • Gilberto -

    Lamentável, mais uma perda que a "ciência" não conseguiu evitar. Fiel a seus princípios, cumpriu com a orientação "fique em casa" até o caso agravar. Eu acredito em tratamento precoce.

Ler 65 comentários