Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Marinho admite indicações políticas em cargos de seu ministério: "Qual é o crime?"

Jair Bolsonaro, vale sempre lembrar, foi eleito presidente em 2018 prometendo acabar com o loteamento de funções comissionadas na Esplanada
Marinho admite indicações políticas em cargos de seu ministério: “Qual é o crime?”
Foto: Isac Nóbrega/PR

Em audiência na Câmara, Rogério Marinho admitiu o loteamento do Ministério do Desenvolvimento Regional. Ele refutou esse termo, mas disse que partidos políticos são, sim, responsáveis por indicações para cargos na pasta.

“Qual é o crime de se ter uma indicação?”, afirmou.

Marinho ainda emendou:

“Evidentemente que não vamos colocar em cargos de direção e de comando, adversários políticos do governo. Seria não apenas ingênuo, como contraproducente.”

Ministro, o governo ao qual o senhor faz parte e defende foi eleito prometendo justamente acabar com essa prática naturalizada em sua fala.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO