Romário caiu fora por falta de dinheiro

Romário não desistiu de concorrer à prefeitura do Rio por “falta de empenho”, como andam publicando. Saiu porque viu que não conseguiria arrecadar dinheiro suficiente para a sua campanha, com a nova lei eleitoral, que só permite doações de pessoas físicas.

Outros candidatos também devem desistir ainda em julho, por causa do mesmo problema.

“Hoje, só três tipos de políticos podem concorrer: quem é rico e pode mostrar que é, quem tem uma igreja evangélica para bancar o custo e quem conta com o apoio de uma grande máquina política”, disse uma fonte do site.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200