Romário é 11

Romário é contra o impeachment.

Segundo Lauro Jardim, ele deve anunciar seu apoio a Dilma Rousseff amanhã, em seu primeiro discurso no Senado. Ele sabe o que faz. O PSB está prestes a aderir ao governo. O senador socialista Fernando Bezerra, como dissemos ontem, está enrolado no escândalo da Petrobras. Assim como Luiz Fernando Pezão e Lindbergh Farias, dois comparsas de Romário.

Em campanha eleitoral, Romário prometeu fazer “um mandato histórico”. Ele já está deixando sua marca no Senado. Depois exigir o carro oficial número 11, como a sua camisa nos tempos do Vasco da Gama, ele exigiu também que Renan Calheiros lhe desse o gabinete número 11. Como só havia dez gabinetes, Romário transformou o gabinete número 4 em número 11.

Com esse talento para manipular números, o apoio de Romário a Dilma Rousseff será um bom negócio para ambos.

O mandato histórico de Romário

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200