Rosa Weber encaminha a Aras pedido para investigar Damares

Rosa Weber encaminha a Aras pedido para investigar Damares
Foto: Marcos Corrêa/PR

Rosa Weber encaminhou a Augusto Aras pedido de investigação sobre a Damares Alves, por ter indicado instituições evangélicas que receberam recursos do Pátria Voluntária, o programa beneficente de Michelle Bolsonaro.

Os recursos são privados, fruto de doações de empresas, para ações de solidariedade. O dinheiro, porém, é administrado por um comitê vinculado ao governo.

Reportagem da Folha descobriu que a Associação de Missões Transculturais Brasileiras, indicada por Damares, recebeu R$ 240 mil.

O pedido de investigação foi apresentado ao STF por um advogado, que levantou suspeita de advocacia administrativa, crime que consiste em “patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública”, com pena de detenção de três meses a um ano e multa.

Cabe agora a Augusto Aras avaliar se pede ou não abertura de inquérito sobre a ministra ao Supremo.

Leia mais: O TROFÉU DOS INIMIGOS DA LAVA JATO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 39 comentários
TOPO