Rose de Freitas deixa o Podemos e Alvaro deseja que ela seja "muito feliz"

Rose de Freitas deixa o Podemos e Alvaro deseja que ela seja “muito feliz”
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

A senadora Rose de Freitas acaba de anunciar sua desfiliação do Podemos.

Na semana passada, ela apresentou uma PEC que, se aprovada, permitirá que Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia possam tentar a reeleição como presidentes do Senado e da Câmara, respectivamente.

O comunicado da desfiliação foi feita durante sessão virtual do Senado.

Ela disse que “não pode aceitar” as punições do Podemos, que abriu processo de expulsão da parlamentar.

“Sou uma pessoa democrática. Não aceito isso. Quero comunicar que estou me desfiliando do Podemos, por não aceitar nenhum gesto de vaidade ou de autoritarismo.”

O PSD de Gilberto Kassab está de olho em Rose de Freitas — e não é de hoje. Rose já foi do MDB e do PSDB.

Alvaro Dias, líder do Podemos, desejou que a agora ex-colega de bancada seja “muito feliz” em sua nova aglomeração, ainda não anunciada. O senador reforçou que o partido é contra a possibilidade de reeleição à Presidência do Senado na mesma legislatura.

“Lamento profundamente esse episódio com a senadora Rose de Freitas. Mas é a circunstância. A vida partidária precisa ser vivida exatamente dessa forma.”

O processo de expulsão de Rose, claro, não faz mais sentido e, portanto, será encerrado, informou Alvaro Dias.

Leia mais: A 'proposta milionária' para votar com o governo.
Mais notícias
Mais lidas
  1. Quem é Jair Bolsonaro?

  2. "Mãe"

  3. Huawei é excluída de rede 5G do governo

  4. OMS diz que Brasil vive 'tragédia'

  5. Garotos de Ipanema

Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 43 comentários
TOPO