Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ruy Goiaba: Elegância é a verdadeira graça sob pressão

Na Crusoé, colunista comenta a morte de Charlie Watts e argumenta que a elegância, não a coragem, é a verdadeira "graça sob pressão"
Ruy Goiaba: Elegância é a verdadeira graça sob pressão
Foto: josepaulomv/Pixabay

Em sua coluna para a Crusoé que foi ao ar nesta sexta (3), Ruy Goiaba comenta a morte de Charlie Watts, no final de agosto, e argumenta que a elegância —não a coragem, como dizia Ernest Hemingway— é a verdadeira “graça sob pressão”.

“Talvez esse fosse o papel de Charlie Watts: ser o aparente cavalo de Troia de eras passadas ‘infiltrado’ num símbolo da contracultura dos anos 60 que, na verdade, era o alicerce dos Stones e o segredo do seu balanço. Ao mesmo tempo, ele nos lembrava de como a elegância é uma qualidade rara, dentro e fora do mundo do rock. Na origem latina, associada ao verbo eligere, ‘elegância’ significava o talento para fazer boas escolhas, e todo dia o mundo conspira para que a gente faça as piores escolhas possíveis. Eu mesmo sou deselegante com regularidade semanal aqui — apelo, porém, para a atenuante de que talvez não seja possível fazer humor sem ser um pouco malcriado. Já Watts conseguia ser elegante até na hora de usar os punhos contra um vocalista insolente. Um rockstar gente como a gente, só que melhor: um gentleman que batucava.”

LEIA AQUI a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo e o humorismo independentes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO