Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ruy Goiaba: Elvis não morreu: veja se você é um deles

Coluna na Crusoé que foi ao ar hoje é uma obra de ficção, e qualquer semelhança com reportagens incorretas sobre "vacinas vencidas" e jornais que relutam em reconhecer o erro é mera coincidência
Ruy Goiaba: Elvis não morreu: veja se você é um deles
Foto: josepaulomv/Pixabay

A coluna de Ruy Goiaba na Crusoé que foi ao ar nesta sexta (9) é uma obra de ficção, e qualquer semelhança com reportagens incorretas sobre “vacinas vencidas” e jornais que relutam em reconhecer o erro é mera coincidência.

“Rapaz, você leu o Jornalão X hoje?” “Não. O que tem ele?” “Tá dizendo na manchete que o Elvis não morreu.” “Mentira. Elvis Presley, aquele?” “Sério. Eles levantaram os dados oficiais. Não acharam registro da morte.” “Mas ele morreu em 1977, não morreu? A imprensa do mundo inteiro noticiou na época.” “Tem mais.” “O quê?” “Existem 327 Elvis Presleys com o mesmo nome, data e local de nascimento do rei do rock. O Jornalão X recomenda que você verifique se não é um deles.” “Vem cá, esses ‘dados oficiais’ não estão meio esquisitos? (…)”

“O Jornalão X está publicando uma série de matérias comprovando que existem, de fato, Elvis Presleys nascidos no mesmo dia do rei do rock. Encontraram um em Carazinho, outro em Feira de Santana e um terceiro em Nepomuceno. Também estão dizendo que o jornal alertou para a proliferação de sósias da fase cafona do Elvis como um grave problema de saúde pública.” “Corrigiram a manchete?” “Negativo. Alegam que os dados são OFICIAIS, com maiúscula mesmo, que eles passaram semanas debruçados sobre as bases de dados e que, de todo modo, haver 327 Elvis registrados é absurdo e requer correção.”

LEIA AQUI a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo e o humorismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO