Ruy Goiaba: Novíssimo tolicionário da língua portuguesa

Ruy Goiaba: Novíssimo tolicionário da língua portuguesa
Arte: Crusoé

Em sua coluna na Crusoé desta semana, Ruy Goiaba ensaia uma versão brasileira do “tolicionário” do romancista francês Gustave Flaubert, incluindo idiotices como “pensar fora da caixa”, “endereçar a pobreza extrema” e “tratamento precoce da Covid-19”.

“Tenho para mim que Flaubert não conseguiria concluir seu tolicionário nem se tivesse vivido 300 anos: ele está sendo atualizado todo dia, talvez a cada segundo, e hoje — graças às maravilhas da tecnologia que nos deu a internet, as redes sociais e o WhatsApp — é ainda mais fácil as pessoas serem cretinas: basta apertar um botão. E nas redes elas ainda têm o reforço positivo (na forma de coraçõezinhos e likes) de seguidores ainda mais burros: tudo converge para que a produção diária de burrice seja torrencial, caudalosa, impossível de catalogar.”

LEIA AQUI a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo e o humrismo independentes.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO