Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ruy Goiaba: Os pejotinhas do PSOL

Em sua coluna para a Crusoé que foi ao ar nesta sexta (18), Goiaba fala do passo em falso do partido, que divulgou em suas redes oferta de emprego sem carteira assinada
Ruy Goiaba: Os pejotinhas do PSOL
Foto: josepaulomv/Pixabay

Em sua coluna para a Crusoé que foi ao ar hoje, Ruy Goiaba fala do passo em falso do PSOL, o partido “porta-estandarte da pureza esquerdista” que divulgou em suas redes uma oferta de emprego sem carteira assinada.

“O caso foi publicado por O Antagonista nesta quarta, 16. Flagrado com a boca na botija neoliberal, que nesta revista de família eu nem posso dizer com o que rima, o partido se corrigiu: a vaga agora é por regime CLT e tempo determinado. Quem acompanhou os debates da reforma trabalhista no Congresso sabe que o PSOL deve ter batido algum recorde de “faça o que digo, não faça o que faço”: Deus nos livre de estimular contrato por PJ, é precarização do trabalho, só interessa aos patrões etc. Mas a gente também sabe que coerência não é o forte da patota: há oito anos, uma dessas revistas que leitores de esquerda amavam demitiu a redação INTEIRA porque os jornalistas ousaram fazer greve — isso depois de ter anunciado um corte de 50% na folha salarial. (Sim, greve, aquilo mesmo que fez Lula famoso nos anos 1970. Fica estabelecido que quando é contra a esquerda, assim como acontece com o impeachment, o nome certo é “golpe”.)”

LEIA AQUI a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo e o humorismo independentes.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO