Sabemos quem é o “Bob” de José Dirceu

A estratégia do juiz Sergio Moro de abrir os depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa já surtiu um ótimo efeito: soube-se que o doleiro disse à Justiça que Júlio Camargo, da Toyo Setal, pagava propina a José Dirceu — que aparecia como “Bob” na contabilidade do vigarista. “Júlio Camargo possuía ligações com o Partido dos Trabalhadores, notadamente com José Dirceu e Antonio Palocci”, afirmou Youssef.

O nome do motorista-carregador-de-mala-faz-tudo de José Dirceu é Roberto “Bob” Marques. No mensalão, o Banco Rural autorizou um pagamento de 50 000 reais a um Roberto “Bob” Marques. Roberto “Bob” Marques afirmou, na ocasião, que se tratava de “um homônimo”.

O Antagonista sugere que o juiz Sergio Moro convoque Roberto “Bob” Marques e arrume um jeito de quebrar o seu sigilo bancário.