'Sai o último grande nome da equipe econômica', diz economista

Sai o último grande nome da equipe econômica, diz economista
Foto: Adriano Machado

Ex-diretor do BNDES e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o consultor Ruy Coutinho avalia que a saída de Roberto Castello Branco retira o último pilar de credibilidade da equipe econômica.

Castello Branco era o último remanescente dos grandes nomes da equipe econômica e estava no posto com a concordância de Jair Bolsonaro de que adotaria a política internacional de preços.”

O economista considera que será difícil para Paulo Guedes sustentar a imagem de liberal que o levou ao comando da economia do país e animou o mercado.

Ele diz ainda que os maiores prejudicados serão, como sempre, “os acionistas minoritários”, pessoas comuns que aplicaram suas economias em ações da Petrobras.

Nesta sexta, 19, a companhia chegou a perder quase R$ 30 bilhões de valor de mercado.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO