Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saiba quais serão os depoimentos da semana na CPI da Covid

Na terça-feira, será ouvido o reverendo Amilton Gomes; na quarta, o coronel Marcelo Blanco e, na quinta-feira, o ex-assessor de Pazuello Airton Cascavel
Saiba quais serão os depoimentos da semana na CPI da Covid
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A CPI da Covid retoma os depoimentos a partir de amanhã (3) com o objetivo de intensificar as investigações sobre pessoas que se apresentaram como intermediárias para aquisição de vacinas.

Na terça-feira, será ouvido o reverendo Amilton Gomes de Paula, presidente da Secretaria Nacional de Assuntos Religiosos, entidade que se apresentou como intermediária da Davati Medical Supply nas negociações com o Ministério da Saúde para o fornecimento de 400 milhões de doses da vacina Astrazeneca.

Na quarta-feira, a CPI vai ouvir o coronel Marcelo Blanco, ex-assessor do Ministério da Saúde que teria apresentado o cabo Luiz Paulo Dominguetti ao ex-diretor de logística da pasta Roberto Dias. Além disso, Blanco também estaria no jantar em que Roberto Dias, supostamente, pediu propina de US$ 1 por dose de vacina nas negociações com a Davati.

A priori, a CPI deveria ouvir o sócio-administrador da Precisa Medicamentos, Francisco Maximiano. Entretanto, seu depoimento foi transferido para a próxima semana, após ele ter feito uma viagem para a Índia.

E na quinta-feira será ouvido o ex-assessor especial de Eduardo Pazuello Airton Antônio Soligo, o Airton Cascavel. Ele é apontado por integrantes da CPI como suposto lobista de empresas farmacêuticas e de fornecedoras de equipamentos médicos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO