ACESSE

Saída de Weintraub: preocupação com perfil do substituto e o toma lá, dá cá

Telegram

Mais repercussões sobre a saída de Abraham Weintraub do governo.

O deputado federal Danilo Cabral (PSB) disse esperar que o novo ministro da Educação “tenha como foco a educação, e não o tensionamento com as instituições e as comunidades acadêmica e escolar”.

“Em 18 meses de governo, esperamos que o novo ministro seja alguém que cuide verdadeiramente da educação brasileira. Os dois antecessores não cumpriram o papel de quem deveria conduzir a política de educação do país”, acrescentou.

O deputado José Nelto (Podemos) comentou o seguinte com O Antagonista:

“Bolsonaro agora só governa com a velha política, com o toma lá, dá cá.”

O substituto de Abraham Weintraub ainda não foi definido, mas já noticiamos que o Centrão está de olho na pasta.

Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) realiza audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para prestar informações sobre problemas na realização do Enem e para tomar conhecimento dos programas a serem implementados pelo Ministério. Em pronunciamento, ministro da Educação, Abraham Weintraub. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Leia mais: Sergio Moro estreia como colunista exclusivo da 'Crusoé'. Clique e saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários