Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Salário de Marco Aurélio é pago pela "economia que eu segurei", diz Bolsonaro

Salário de Marco Aurélio é pago pela “economia que eu segurei”, diz Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

 

Jair Bolsonaro criticou hoje Marco Aurélio Mello, do STF, durante conversa com apoiadores. Segundo o presidente, o ministro “debochou” da ação apresentada à corte contra decretos estaduais com medidas restritivas por conta da pandemia.

Mais cedo, Marco Aurélio afirmou à CNN que a ação de Bolsonaro era “uma perda de tempo”. Para o ministro, o pedido “tem conotação política, para atribuir ao Supremo a responsabilidade”.

Bolsonaro respondeu dizendo que o salário do ministro está sendo pago por causa das medidas adotadas pelo governo.

“Quem segura o salário dele é a economia que eu segurei com as medidas para compensar as demissões que iriam acontecer em massa.”

O presidente disse ainda que “um ministro não pode pré-julgar nada”. “Ele vai embora agora em julho. Não pode agir dessa maneira.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO