Salim recebeu um telefonema

A força-tarefa da Lava Jato confirmou que Salim Schahin recebeu um telefonema da Casa Civil na época em que José Carlos Bumlai obteve o empréstimo de R$ 12 milhões junto ao Banco Schahin.

Delúbio Soares disse que Salim receberia o tal telefonema e, de fato, recebeu. A Casa Civil era tocada pelo todo poderoso José Dirceu, que nunca foi amigo de Bumlai e nem dos Schahin.

Delatores já afirmaram à força-tarefa que a ordem para entregar o contrato de afretamento do navio-sonda Vitória 10.000 para o Grupo Schahin “veio de cima”.

Todos os dedos apontam para cima, para o chefe.