Salim Schahin: Negócio na Petrobras foi “abençoado” por Lula

Salim Schahin confirmou, em delação premiada, a versão de Fernando Baiano. Segundo ele, em 2007, reuniu-se com o João Vaccari Neto para saber do andamento das negociações com a Petrobras sobre o negócio do Vitória 10000.

O responsável pela estruturação do financiamento para as operações da área de Petróleo e Gás era seu filho Fernando Schahin. “Bumlai chegou a dizer a Fernando que o negócio estava ‘abençoado’ pelo presidente Lula” e que recebeu de Vaccari a mesma informação de que Lula estava a par.

“Que durante o ano de 2007, o depoente e seu irmão Milton mantiveram reuniões com Vaccari apenas para que fossem dadas informações a ele a respeito do andamento das negociações com a Petrobras do negócio do Vitoria 10000. Da mesma forma, eram dados updates a José Carlos Bumlai, através de Fernando Schahin, pessoa responsável pela estruturação de financiamentos para as operações da área de Petróleo e Gas; que Bumlai chegou a dizer a Fernando que o negócio estava ‘abençoado’ pelo Presidente Lula; que o depoente e seu irmão Milton também receberam de Vaccari a informação de que o Presidente estava ao par do negócio”

Faça o primeiro comentário