Salles diz que conta no Twitter foi invadida e pede à Abin que investigue

Salles diz que conta no Twitter foi invadida e pede à Abin que investigue
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Depois de excluir a conta do Twitter e alegar suposta invasão, Ricardo Salles agora quer que a Abin investigue o caso.

Mais cedo, o ministro do Meio Ambiente disse que não foi responsável pelo tuíte que chamava Rodrigo Maia de “Nhonho”, apelido frequente entre bolsonaristas.

“Fui avisado há pouco que alguém se utilizou indevidamente da minha conta no Twitter para publicar comentário junto a conta do Pres. da Câmara dos Deputados, com quem, apesar de diferenças de opinião sempre mantive relação cordial”, escreveu.

Como revelou Crusoé, antes da publicação do polêmico tuíte, Salles foi flagrado numa mesa de bar em Fernando de Noronha.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários
TOPO