Salles diz que 'Venezuela' interrompeu Fundo Amazônia e se corrige: "Noruega"

Salles diz que Venezuela interrompeu Fundo Amazônia e se corrige: “Noruega”
Reprodução/TV Câmara/YouTube

Ricardo Salles confundiu Noruega e Venezuela por um instante na tarde desta segunda (3).

“Com relação ao Fundo Amazônia, eu volto a lembrar que o fundo foi interrompido por uma carta, uma decisão da Venezuela. Foi a Venezuela – Venezuela, a Noruega. Porque eu escrevi Venezuela aqui. Da Noruega. A Noruega foi quem nos mandou um ofício, uma carta oficial, determinando que se suspendesse as atividades do fundo até que a governança tivesse sido restabelecida”, disse o ministro, em sessão conjunta das comissões de Meio Ambiente e de Viação e Transportes da Câmara.

Na verdade, a decisão foi do governo Bolsonaro, que extingiu em abril de 2019 os comitês que orientavam os programas do Fundo Amazônia.

A Noruega é a principal patrocinadora do Fundo Amazônia, responsável por 93% do orçamento. A Alemanha doou 6% e a pequena parte restante veio da Petrobras.

Leia tambémEmbaixador diz que viagem com Mourão ‘não mudou’ percepção sobre Amazônia

Leia mais: A Crusoé foi verificar in loco a farsa perpetrada pela ditadura venezuelana elogiada pelo PT na época de Lula, e encontrou um cenário desolador.
Mais notícias
TOPO